6 de fevereiro de 2013

É amor ou loucura?


 430413_369045333113559_347944068557019_1406662_365752715_n_large
Que atire a primeira pedra quem nunca sofreu por gostar de alguém, mais que atire nele(a) é claro rçrçr. 
O problema mesmo é quando esse ''amor'' deixa de ser saudável e começa a fazer mal pra você mesmo, um exemplo disso são  as bizarrices  abaixo. Seria amor ou uma forma desesperada de não aceitar a morte?

Homem se casa com cadáver da noiva:
 
Não você não leu errado. Ann noiva de Chadil Defy faleceu dias depois de sofrer um acidente de trânsito na noite de réveillon.  
Mais nem a morte impediu Chadil de realizar seu sonho. A cerimônia aconteceu no dia 4 de janeiro e teve direito à festa, convidados, à ''noiva cadáver'' foi vestida e maquiada devidamente para o ocasião. É curioso porém triste!

Ingês casa se com boneca em tamanho real:  
 
Tanta mulher por aí e o cara resolve se casar com uma boneca. O Forever Alone se chama Edvard Cunion e tem 55 anos e pela SEGUNDA VEZ se casa com uma boneca.
Sem mais palavras.

Cirurgião Plástico escolhe noiva para poder esculpir a esposa ideal  
 
A mente brilhante: Dr. Reza Vossough. A mulher sem conteúdo: Cany de apenas 33 anos e 8 grandes cirurgias plásticas. 
Ele conta que passou CINCO ANOS injetando 1.600g de silicone pelo corpo da mulher (seios, coxa, face). Além disso Canny ainda perdeu as rugas e teve o formato da boca modificado, diminui a testa e levantou as pálpebras. 
O que ela tá achando disso? ''Cany diz está entusiasmada com a nova imagem''.

Homem dorme com o corpo da mulher a 5 anos
 
Inconformado com a morte da mulher Levan, 55 anos, passou a dormir no cemitério no entanto preocupado com a chuva e vento decidiu desenterrar os restos mortais da mulher e levar pra casa (simples assim).
Usando barro fez um ''molde'' pra colocar o corpo dentro, vestiu com roupas limpas e à deitou na cama e assim se passaram cinco anos... ... ''Felizes ou com certeza não'' 
 
São histórias reais, não são como contos de fadas que terminam sempre com um final feliz!

2 comentários: