14 de novembro de 2011

― Onde estava, ein? (Séria.)
― Ué, estava falando com uma nova amiga. ;sorri de canto.
― Sei. Uma nova amiga, né? (Cruza os braços.)
― Sim, acabei de conhecer ela.
― Hum! (Brava.)
― Você fica linda com ciúmes e brava, sabia?
― Quem disse que estou com ciúmes de você? (Rindo.)
― Dá pra ver pelo seu jeito. (Dando gargalhadas.)
― Você é um idiota, sabia? Não sinto ciúmes de você. Vê se pode.
― Senti sim. É isso o que você está sentindo agora. (Rindo.)
― Mas não estou com ciúmes, que saco. (Bico.)
 Tá, então eu vou falar com a minha nova amiga.
― Volta aqui. -puxa ele pelos braços.
― Mas você disse que não estava com ciúmes. (Rindo.)
― Ah, é.
― Sua boba, vem me dar um abraço logo!
 Não, vai pedir pra sua nova amiguinha.

Nenhum comentário:

Postar um comentário