10 de outubro de 2011

  É como se tivessem arrancado um pedaço de mim, como se faltasse algo, é como se eu tivesse perdido alguma coisa, só não sei quando nem onde, mas sei que está fazendo falta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário